Loading...

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011


Juazeiro do Norte-CE: Número de mulheres assassinadas no Cariri cresceu 4,5% no ano passado.                    

Um levantamento feito pelo Site Miséria revela que 22 mulheres foram assassinadas em 2010 na região do Cariri ou 4,5% a mais numa comparação com 2009 quando 21 mulheres foram mortas contra 22 no ano passado. Juazeiro do Norte lidera o triste ranking com cinco mulheres vítimas de homicídios, vindo a seguir pelo Crato (4), Campos Sales, Aurora e Missão Velha com dois homicídios cada, além de Brejo Santo, Assaré, Caririaçu, Barbalha, Mauriti, Nova Olinda e Santana do Cariri com um.

A maioria destes homicídios tem relação direta com ciúmes e, em alguns casos raros, o companheiro praticou o suicídio. Na reta final do ano, dois casos semelhantes foram registrados só que o homem morreu e a mulher escapou. Na faixa etária de 21 a 40 anos, foram assassinadas nove mulheres, seguida pelas sete mortas com idade superior a 40 anos e outras seis com idade inferior a 20 anos.

A mais nova foi uma criança de apenas dois anos de idade morta no dia 26 de julho dentro de sua casa em Crato. Maria Amanda da Silva foi alvejada com um tiro na cabeça por três indivíduos que invadiram o imóvel para matar o seu pai o qual escapou. Já a mais idosa foi a aposentada Maria Dalva do Nascimento, de 70 anos, assassinada um pouquinho antes, no dia 5 de julho, a golpes de foice no Sítio Morro Dourado no município de Aurora, sendo um provável latrocínio.

As formas foram as mais diversificadas possíveis sendo a maioria a golpes de faca com um total de 10 homicídios. Depois, nove homicídios à bala, sendo os demais por estrangulamento – o primeiro do ano em Crato e no Cariri – pauladas e foice no caso da aposentada de 70 anos. Os meses mais violentos foram março, julho, agosto e novembro com três homicídios cada. Em abril, junho e dezembro foram dois assassinatos. O único mês sem assassinato de mulheres no Cariri foi o de outubro. Confira abaixo a relação de todas as vítimas:

Dia 26 de janeiro – Cícera Rejane da Silva Oliveira, de 23 anos, foi estrangulada pelo seu ex-companheiro, o cabeleireiro Sidivam Martins Batista, de 27 anos, que fugiu. O crime aconteceu na Rua Presidente Kenedy, 123 (Bairro Vila Alta) no município de Crato. O acusado tentava reatar o matrimônio. 
Dia 2 de fevereiro – Maria Welinade Santana dos Santos, de 28 anos, que morava na Rua Pedro Pereira, 903 (Bairro Araujão) no município de Brejo Santo. Ela foi morta a tiros de revólver e o corpo encontrado no canteiro de obras da Ferrovia Transnordestina.

Dia 2 de março – Débora Batista de Oliveira, de 19 anos, que morava no Sítio Areais, no município de Assaré, foi assassinada com seis golpes de faca numa estrada carroçável perto de sua residência. O principal acusado foi preso no caso José Ferreira Araújo, de 29 anos, o Pé de Juá.

Dia 9 de março - Maria do Socorro Ferreira da Silva, de 29, foi morta a pauladas pelo seu companheiro Cícero Gomes dos Santos, de 32 anos, enquanto dormia em sua casa no cruzamento da Avenida São Pedro com a Rua José Trajano (Bairro Nossa Senhora do Carmo) em Caririaçu. O acusado se apresentou na Delegacia de Juazeiro e, no dia seguinte, se enforcou.

Dia 16 de março – Vera Lúcia dos Santos, de 29 anos, foi morta com duas facadas quando passava no cruzamento da Rua Jules Rimet com T-22 (Bairro Bela Vista) em Barbalha. Ela era usuária de crack e pode ter sido morta por débitos a traficantes.

Dia 22 de abril - Maria Aparecida Costa, de 34 anos, empregada doméstica que residia na Avenida Paraná, 31 (Bairro Romeirão), foi morta com quatro tiros de revólver dentro de um veículo Gol branco, juntamente com o motorista Adriano Moura Pinheiro que estava com a mesma. O caso aconteceu no Bairro São José em Juazeiro do Norte.

Dia 24 de abril - Ana Maria do Nascimento, de 42 anos, era ex-presidiária e morava na Rua do Gesso, em Crato. Ela foi morta com três tiros de revólver dentro de casa enquanto fazia mingau dos netos.

Dia 9 de maio - Josefa Lourenço da Silva, de 23 anos, a Patrícia, foi morta com uma facada no coração pelo companheiro Marcelo de Oliveira Rodrigues, de 23 anos, com quem ela vivia desde os 12 anos. O crime passional se deu na Rua Todos os Santos (Bairro João Cabral), em Juazeiro do Norte, e ele foi entregar o corpo a mãe no dia consagrado a ela.

Dia 14 de junho – Maria do Rosário Pereira da Silva, de 48 anos, foi morta a golpes de faca pelo seu esposo, o agricultor Luiz Aquino de Lavor, de 50 anos, dentro de sua casa no Sítio Milhã do Norte na zona rural de Campos Sales.
Dia 18 de junho – Maria Marlene da Silva, de 45 anos, foi morta dentro de casa, no Sítio Curtume, zona rural de Mauriti, com um tiro de revólver e golpes de faca pelo seu companheiro, o agricultor Cícero Leite, de 37 anos.

Dia 5 de julho - Maria Dalva do Nascimento, de 70 anos, aposentada, foi morta a golpes de foice no Sítio Morro Dourado no município de Aurora. O corpo foi encontrado pelo seu irmão quando voltava da roça e o provável motivo seria latrocínio e o autor Antonio Neto Moreira dos Santos, de 32 anos, fugitivo da cadeia de Aurora onde já respondia por homicídio.

Dia 21 de julho – Amanda dos Santos Silva, de 18 anos, morta a golpes de faca e pauladas na Rua Todos os Santos, 2569 (Bairro João Cabral) em Juazeiro do Norte por Raimundo Nonato Pereira que fugiu em uma bicicleta. Ele enfrenta problemas mentais.

Dia 26 de julho - Maria Amanda da Silva, de 2 anos, foi morta com um tiro de revólver na testa por indivíduos que invadiram o imóvel para matar seu pai Cícero Fernando no Sítio Cobras zona rural de Crato.

Dia 24 de agosto - Maria Rosivânia da Silva, de 16 anos, foi morta dentro de casa no Sítio Passagem de Pedra (Vila São Francisco) em Missão Velha com um golpe de faca no peito desfechado pelo companheiro Antonio Mauro Pereira, de 34 anos, residente no Sítio Santana em Barbalha o qual tentou o suicídio com duas facadas no peito.

Dia 24 de agosto – Evanilda Silva Dantas Sedrin, de 42 anos, foi morta com três tiros de revólver dentro da Escola de Ensino Fundamental Cristóforo Borges de Missão Velha pelo seu ex-companheiro o crediarista Marcos Januário da Silva, de 28 anos, do qual havia se separado há um mês. Ele praticou o suicídio em seguida.

Dia 26 de agosto – Rosa Maria Felipe Pereira, de 42 anos, morreu no Hospital São Francisco de Crato onde estava internada desde o dia 21 de agosto quando foi esfaqueada no abdômen pelo seu marido Raimundo Elias do Nascimento, de 44 anos, na residência do casal na Vila São Bento.

Dia 30 de setembro - Maria Gestrudes da Silva Oliveira, de 63 anos, foi morta com um tiro de revólver no abdômen durante assalto em sua residência no Sítio Inharé, município de Campos Sales. Três indivíduos invadiram a casa e levaram R$ 110,00 enquanto o esposo Francisco Raimundo Oliveira, de 66 anos, fugiu do trio. Dia 21 de Outubro de 2010, foi preso Daniel Guilherme de Souza, de 26 anos, o “Daniel de Lolô”.

Dia 9 de novembro – Ana Paula de Brito, de 17 anos, que residiam na Rua Furtado Leite (Bairro Mussambê) no município de Nova Olinda, foi morta pelo seu companheiro Francisco de Assis Rodrigues da Silva, de 21 anos, o “Fan”, com um tiro de revólver na nuca. O homicídio se deu na residência dos pais dele no mesmo bairro. A mãe diz que o tiro foi acidental.
Dia 22 de novembro - Ana Paula Cornélia, de 33 anos, que residia na Rua Francisco Martins de Souza (Bairro Frei Damião), em Juazeiro do Norte, foi morta com oito golpes de faca por seu ex-companheiro João Erasmo dos Santos, de 24 anos, que fugiu em uma moto Honda Pop 100 azul a qual deixou na casa de uma tia após tomar banho e dizer que ia viajar. Ele queria reatar caso.

Dia 24 de novembro - Ana Cleide Amaro Ferreira, de 35 anos, foi morta na porta de sua casa na Rua Pelúsio Correia de Macêdo, 79 (Bairro Leandro Bezerra) em Juazeiro do Norte. Ela saiu para atender dois indivíduos que procuravam seu esposo Barreto (Agente do Demutran) quando foi alvejada com dois tiros de revólver. A dupla fugiu em um veículo Celta de cor preta.

Dia 26 de dezembro – Lércia Kerlakianny Sobreira Avelim, de 24 anos, auxiliar de serviços gerais, que residia na Rua Bela Vista (Bairro Araçá) em Aurora, foi morta com uma facada no peito na Rua Guedes Martins daquele bairro. O acusado Francisco Alberto André, o “Beto dos Patos” tentou matar ainda Maria Delvani de Jesus, de 27 anos, com duas facadas. Ele foi preso quando saiu do mato para comprar cigarros. O motivo foi uma discussão banal após passar a tarde bebendo com as vítimas.

Dia 31 de dezembro – Socorro Pereira Gonçalves, de 15 anos, estudante, residente no Sitio Mororó, foi morta na Serra do Severino zona rural de Santana do Cariri, a tiros de revólver. Ela viajava em um Fiat Uno de Francisco de Assis Rodrigues da Silva, de 21 anos, o “Fan”, residente no Sitio Mussambê em Nova Olinda, que foi atingido com três tiros após ser seguido por um veículo Santana. Dia 9 de novembro de 2010, ele matou Ana Paula de Brito, de 17 anos, em Nova Olinda, com um tiro de revólver na nuca que disse ter sido acidental.

Fonte: Site Miséria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário